Record confirma: não houve multa pela rescisão de contrato com Marcos Mion

Estima-se que Mion ganhasse R$ 300 mil por mês e a multa seria esse valor multiplicado pelos 11 meses restantes para o término do acordo.


Crédito: Reprodução

Após a Record TV reincidir o contrato com Marcos Mion, nesta quarta-feira (27/1), 11 meses antes do fim, a emissora afirmou que não será preciso pagar a multa contratual decorrente de decisão.


O fato do apresentador não exigir os valores deixa ainda mais clara a insatisfação dele com a direção. Estima-se que Mion ganhasse R$ 300 mil por mês e a multa seria esse valor multiplicado pelos meses restantes para o término do acordo.


A relações dele com a alta cúpula da Record estava abalada principalmente por conta da animosidade entre Mion e Rodrigo Carelli, diretor de A Fazenda. A coluna, inclusive, mostrou como o temperamento do profissional estavam minando o prazer de Mion em continuar à frente da atração.


Uma pessoa que trabalhou com Carelli disse à coluna que ele é conhecido pelos chiliques desde os tempos em que trabalhava no SBT. Além disso, os diretores do canal ainda se incomodavam com a interação, excessiva na visão deles, que Marcos mantinha com os seguidores nas redes sociais. O ápice foi quando ele anunciou a saída de Mariano na web antes do programa, o que, segundo fontes, causou um surto no diretor do reality show.


Fonte: Metrópoles

0 comentário