PRF publica regras de concurso, mas edital ainda não foi divulgado

As fases do concurso, no entanto, serão detalhadas no edital de abertura e em seus anexos, que não foram publicados.


Crédito: Arquivo PRF

Nesta sexta-feira (08), foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) a portaria normativa que regulamenta os concursos para o cargo de policial rodoviário federal. De acordo com o documento, assinado pela direção-geral do órgão, a inscrição será realizada somente via internet. As fases do concurso, no entanto, serão detalhadas no edital de abertura e em seus anexos, que não foram publicados.


Estão previstas 1500 vagas, Além das provas objetivas, os candidatos terão que passar por exames de aptidão física, além de testes toxicológicos durante todas as fases do concurso. Também fazem parte da seleção a avaliação biopsicossocial para os candidatos que se inscreveram na condição de pessoa com deficiência; heteroidentificação, para os candidatos que se autodeclararem negros; e o curso de formação policial.


São pré-requisitos possuir carteira de habilitação na categoria B ou superior, válida e sem impedimentos; ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa; ter concluído curso de graduação em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação; e estar em gozo dos direitos políticos e quite com as obrigações eleitorais.


Seleção

A primeira etapa é composta pelas provas objetiva e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório. Além do conhecimento, os testes visam avaliar habilidades de compreensão, contextualização, análise, síntese, aplicação e avaliação, com o intuito de valorizar a capacidade cognitiva e de raciocínio.


Em seguida, na segunda fase, os candidatos terão que passar por exames de aptidão física, com caráter unicamente eliminatório. Os exercícios são para medir força, resistência muscular, potência muscular, agilidade, coordenação motora e capacidade aeróbica, além de avaliar, indiretamente, a resiliência para suportar as exigências físicas do cargo.


A avaliação psicológica também possui caráter eliminatório, sendo destinada a avaliar controle emocional, empatia, liderança, tomada de decisão, dinamismo, comunicabilidade, planejamento, organização, relacionamento interpessoal, persistência, resiliência, prudência, objetividade, criatividade, urbanidade, comprometimento, autoconfiança, assertividade e proatividade; entre outras competências.


Após passar pelas etapas iniciais, os participantes terão que ser aprovados também na apresentação de documentos e na avaliação de saúde.


Fonte: Extra


0 comentário