PRF divulga balanço de Operação realizada no feriadão de Natal


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Alagoas encerrou às 23h59 de domingo a Operação Natal. Tendo início na quarta-feira (23), as fiscalizações tiveram como objetivos reduzir os acidentes no trânsito, coibir irregularidades e garantir maior segurança nas rodovias federais. As equipes realizaram patrulhamento principalmente em trechos das BRs 101, 104 e 316.

Durante a Operação, foram registrados 09 acidentes, sendo 01 considerado grave. Dessas ocorrências 09 pessoas ficaram feridas, mas não houve mortes no período.


Um dos acidentes foi causado por um condutor embriagado e que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O caso aconteceu na madrugada do sábado (26), no km 60 da BR 104, em Murici/AL, e deixou uma vítima ferida. O condutor foi preso por lesão corporal culposa com agravante de dirigir veículo automotor sem a devida permissão, gerando perigo de dano.


No combate à criminalidade, 17 pessoas foram detidas por crimes distintos. Entre as ocorrências registradas estão: crimes de trânsito adulteração de sinal identificador de veículo automotor, transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal, mandado de prisão, porte de droga para consumo, receptação de veículo e praticar ato de maus-tratos a animais.

Em uma dessas ocorrências, a equipe da PRF flagrou uma motocicleta Honda/Bros sem placa transitando no km 27 da BR 104, em União dos Palmares/AL. Os policiais então realizaram a abordagem do veículo e constataram, durante uma vistoria na moto, que a moto estava com vários sinais de adulteração.


O motorista alegou ter adquirido o ciclomotor por R$1.500,00 de um conhecido em União. Ele foi preso pelo crime de receptação e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de União dos Palmares, para procedimentos cabíveis.


Ainda no feriadão, foram realizados 162 testes de alcoolemia, com um total de 12 autuações. As outras infrações mais observadas foram o não uso do capacete, do cinto de segurança e de ultrapassagens indevidas, com totais de 56, 78 e 80 flagrantes, respectivamente.


Ascom | PRF

0 comentário