Preço do diesel nos postos volta a subir; gasolina e etanol têm salto na semana

Valor médio do combustível nas bombas atingiu R$ 4,616 por litro nesta semana, alta de 0,35% em relação à semana passada


Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O preço médio do óleo diesel engatou a terceira semana consecutiva de alta nos postos de combustíveis do Brasil, enquanto as cotações da gasolina e etanol também subiram, conforme indicou a pesquisa publicada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) na noite desta sexta-feira (20).


De acordo com o levantamento da agência reguladora, o valor médio do diesel nas bombas nesta semana atingiu R$ 4,616 por litro, alta de 0,35% em relação à semana passada. De acordo com a agência, embora os movimentos mais recentes no preço do combustível mais consumido do Brasil tenham sido relativamente discretos, uma vez que ao final de julho o litro do diesel era de R$ 4,588, foram suficientes para o produto emendar a terceira semana seguida de ganhos.


A gasolina comum, por sua vez, apurou alta ainda mais significativa, se aproximando pela primeira vez da marca de R$ 6 por litro, segundo a ANP. Já o combustível fóssil, segundo a ANP teve salto de 1,53% ao longo desta semana, alcançando média de R$ 5,956 por litro, também em sua segunda semana consecutiva de ganhos.


Aumento

A Petrobras anunciou na semana passada um aumento de cerca de 3,5% no valor médio da gasolina em suas refinarias, para R$ 2,78/litro, citando alinhamento com a paridade internacional. Além da cotação nas refinarias, os preços nos postos dependem de fatores como a adição obrigatória de biocombustíveis e margens de distribuição e revenda.


Na Bahia, o presidente do Sindicombustíveis, Walter Tannus, chegou a culpar a população pelo aumento por considera-la “omissa”.


Etanol

Concorrente direto da gasolina nas bombas, o etanol apurou valorização de 2,22% na semana, para média de R$ 4,497/litro, acompanhando o movimento de três semanas seguidas de ganhos dos outros combustíveis.


O preço do biocombustível nas usinas também tem avançado de forma significativa. Conforme o indicador Cepea/Esalq, o valor do etanol na praça de São Paulo saltou 9,2% somente desde a última semana de julho.


Fonte: Agência Brasil

0 comentário