Perícia diz que menina que teve olhos arrancados morreu após espancamento

A mãe da menor, de 33 anos, foi presa em flagrante, após supostamente sofrer um surto psicótico.


Crédito: Arquivo familiar

A Perícia Oficial do Estado confirmou, por meio da sua assessoria, que a menina Brenda Carollyne Pereira da Silva, de 5 anos, assassinada pela própria mãe, morreu em decorrência de espancamento. O laudo da necropsia deve ser anexado ao inquérito que apura em quais condições ocorreu o crime.


A mãe da menor, de 33 anos, foi presa em flagrante, após supostamente sofrer um surto psicótico. Além de matar a criança, a mulher ainda arrancou seus olhos e língua. O assassinato brutal chamou a atenção da ministra Damares Alves, que se manifestou por meio das suas redes sociais.



O crime ocorreu na tarde do domingo (25), na zona rural da cidade de Maravilha, Sertão de Alagoas. O Ministério Público Estadual deverá pedir avaliação de sanidade mental da mãe, que segundo familiares é paciente psiquiátrica e fazia uso de medicamentos controlados.


Fonte: Alagoas 24 horas

0 comentário