Paulo Afonso vive situação crítica com explosão de casos, com 38 novos infectados e dois óbitos

Os casos ativos também dispararam nesse mês de janeiro.


Imagem Iustrativa

Com mais 38 casos do novo coronavírus (SARS-CoV-2), nas últimas 24 horas, Paulo Afonso enfrenta há dias uma explosão de casos. Os hospitais UPA/Covid e UTI/HMPA estão lotados devido à alta de casos da infecção. Ontem (28) todos os 14 leitos de UTI disponíveis para o tratamento da doença foram ocupados. Como infelizmente dois pacientes morreram, surgiram duas vagas, e mais uma por alta médica, somando 3.

Segundo boletim divulgado nesta sexta-feira (29) pela Vigilância Epidemiológica de Paulo Afonso/LACEN há 27 pacientes internados, sendo 15 em leitos semi-intensivos, 11 em UTIs e 1 na triagem. Por conta da alta no número de casos que o município vem registrando, a prefeitura publicou hoje novo decreto com medidas de restrição e toque de recolher a partir das 23h.

Os casos ativos também dispararam nesse mês de janeiro. A cada dia o número de contaminados é bem maior que o de recuperados, hoje já são 706 ativos, uma das maiores taxas do estado da Bahia.

Com as duas mortes registradas no boletim desta sexta subiu para 63 os óbitos causados pela covid-19 desde o início da pandemia. 1.662 pessoas tiveram suas vidas salvas.




Fonte: PA4

0 comentário