Marinha impõe sigilo de 5 anos a operação de desfile de tanques no Planalto

Segundo a Marinha, o período é necessário para não 'prejudicar ou causar risco a planos ou operações estratégicas das Forças Armadas'


Foto: Hugo Barreto/Metrópoles

A Marinha impôs sigilo de cinco anos aos documentos que basearam a Operação Formosa, que incluiu um desfile inédito de tanques em frente ao Palácio do Planalto para entregar um convite da demonstração operativa ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).


As informações são do colunista Guilherme Amado, do site Metrópoles, neste domingo (5). O desfile de blindados pela Praça dos Três Poderes aconteceu no último dia 10 de agosto, quando a Câmara dos Deputados analisou e derrubou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso.


Em resposta a um pedido feito pela publicação, via Lei de Acesso à Informação, o Comando da Marinha rejeitou compartilhar qualquer documento relacionado à operação antes do término de um sigilo de meia década.


Segundo a Marinha, o período é necessário para não “prejudicar ou causar risco a planos ou operações estratégicas das Forças Armadas”. Ao menos 2,5 mil agentes participaram do treinamento militar, que contou com 150 veículos.


Fonte: Bahia ba

0 comentário