Governo garante ter seringas e agulhas em estoque para vacinação em AL

Expectativa é que vacinação contra Covid-19 se inicie em fevereiro com grupos prioritários.


Crédito: Divulgação

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou nesta quarta (6) que o Ministério da Saúde suspendeu a compra de seringa “até que os preços voltem à normalidade”, mesmo em meio a uma pandemia, o Governo do Estado garantiu, por meio da Secretaria de Saúde, que o estoque de agulhas e seringas para o início da vacinação é suficiente.


A declaração foi dada por meio do Twitter da secretaria, pelo titular da pasta, Alexandre Ayres. No início da segunda quinzena de dezembro do ano passado, Ayres já havia iniciado que a vacinação em Alagoas deve ter início em fevereiro.


Alagoas firmou parceria com o Governo de São Paulo para assegurar prioridade na compra desenvolvida em parceria com o Instituto Butantã, a CoronaVac, cuja eficácia deve ser apresentada nesta quinta (7) à imprensa.


O secretário explicou que a CoronaVac prevê duas doses para cada paciente. Com isso, um milhão de doses serviriam para imunizar 500 mil alagoanos, o que representa aproximadamente 1/6 da população.


Inicialmente, serão imunizados somente pessoas que se enquadrem em grupos de risco, além dos 80 mil profissionais da Saúde.


Fonte: Alagoas 24 horas

0 comentário