Estado de Alagoas já distribuiu 364 mil doses aos municípios

No ranking, o número representa a 4ª colocação no país


Foto: Nigel Santana

Em mais uma reunião virtual coordenada pela Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, dialogou com prefeitos e secretários municipais de saúde, além de integrantes da bancada federal alagoana, sobre o fluxo de vacinação contra a Covid-19 em Alagoas.


Mantendo o discurso de acelerar a imunização no Estado, Alexandre Ayres destacou que Alagoas está em 4° lugar no Ranking Nacional de Registro de Utilização das Vacinas contra o novo coronavírus, com 364.092 doses dos imunizantes distribuídos para as Secretarias Municipais de Saúde, das 479.860 doses enviadas pelo Ministério da Saúde (MS). Os dados são da Rede Nacional de Dados em Saúde.


Figuram à frente de Alagoas, os Estados de Roraima, em 1°, Rio Grande do Norte, em 2°, e São Paulo, em 3º. Segundo o ranking do Ministério da Saúde, 279.651 doses da vacina contra a Covid-19 foram aplicadas em Alagoas. Para o secretário Alexandre Ayres, a celeridade na imunização é uma demonstração de que as gestões municipais têm avançado para proteger a população.


“A utilização das doses da vacina contra a Covid-19 está seguindo um fluxo exitoso em Alagoas. Os prefeitos e os secretários municipais de saúde estão empenhados neste trabalho e, por isso, Alagoas figura neste ranking do Ministério da Saúde. Alagoas tem trabalhado para, assim que recebe do Ministério da Saúde as doses dos imunizantes, realiza todos os procedimentos no Programa Nacional de Imunização em Alagoas [PNI/AL] e distribui rapidamente aos municípios”, ressaltou o secretário, durante a sua fala no encontro virtual com os gestores municipais e a bancada federal.


Ainda em seu discurso, o secretário de Estado da Saúde reiterou a necessidade de seguir avançando com a imunização para que os hospitais que contam com leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com a Covid-19 reduzam a quantidade de pessoas internadas, sobretudo nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).


“Kit intubação” – Aos prefeitos, secretários, deputados federais e senadores, o secretário Alexandre Ayres ainda tratou sobre a situação atual dos medicamentos em Alagoas.


“Temos acompanhado as condições dos Estados brasileiros em relação ao chamado kit intubação. O Ministério da Saúde está fazendo um grande esforço na tentativa de ajudar os estados e municípios. Aqui em Alagoas, por orientação do governador Renan Filho, foram tomadas medidas preventivas, conseguimos fazer um estoque e estamos com a garantia de não haver problemas no tratamento dos pacientes que estão sendo tratados nos leitos exclusivos de Covid-19”, finalizou o secretário.


Fonte: Ascom Sesau

0 comentário