Eleições 2022: O que está em jogo na distribuição de cargos

Movimentação está ocorrendo em busca do pleito, com nomeações de aliados.


Foto: Divulgação

Os bastidores do senadinho estão a todo vapor no Alto Sertão de Alagoas. Nos últimos dias, sites divulgaram a possibilidade do ex-prefeito de Delmiro Gouveia, Eraldo Joaquim Cordeiro (PSD), assumir cargo dentro do governo estadual.


Nesse meio campo e com essa informação circulando, algumas bases do governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), na Terra do Pioneiro, não estão satisfeitas com a possível nomeação.


Isso ocorre por conta de que o chefe do Executivo estadual tem relações com vários grupos na cidade. Ainda de acordo com as fontes do portal, existe a possibilidade da nomeação de dois órgãos na cidade – O Detran e à Casal.


Essas duas autarquias lidam diretamente com o público de toda a região. As fontes também informaram que caso essa nomeação ocorra, Renan vai ter que encontrar outros espaços para contemplar apoiadores, tendo em vista que ele pretender disputar a eleição no próximo ano.


Uma coisa é certa – A distribuição de cargos pode até ser pensada por conta da votação de 2020 e está meramente ligada a essa questão, entretanto, é preciso levar em conta que cada eleição, o cenário muda.


Investigações no Tribunal de Justiça


Recentemente, o jornal Extra trouxe uma reportagem onde informava que o ex-prefeito Eraldo Joaquim Cordeiro e mais 12 pessoas estão sendo julgadas por peculato. Ainda de acordo com a publicação, os supostos desvios ocorridos na gestão de 2017-2020, ultrapassam milhões de reais.

0 comentário