Duda Reis sobre amizade de Nego do Borel e Anitta: “Somente interesse”

Atriz falou sobre amizade com cantora e afirmou que ela foi crucial para que ela abrisse os olhos em relação ao cantor.


´Crédito: Divulgação

Duda Reis defendeu Anitta na tarde da última quinta-feira (21) após seu ex, Nego do Borel, afirmar em uma entrevista que ela não gostava da cantora e que supostamente tentava proibí-lo de ver a amiga.


Em um comentário no Instagram, Duda afirmou que de fato não gostava dela no começo de sua relação com o cantor porque Nego “vivia falando mal dela, a difamando como pessoa e artista, dizia para eu não me aproximar, que andava com ela somente pelo que ela poderia proporcionar”.


A atriz afirmou, porém, que as duas acabaram se aproximando após Anitta perceber que “poderia existir algo errado” na relação do casal.


“[Anitta] me chamou num canto e me deu a oportunidade de realmente conhecê-la, e disse que se tudo que meu pai estivesse falando fosse verdade, ela estaria do meu lado e me apoiaria. Contei pra ela algumas coisas, e fui retomando minhas forças por pessoas como ela. Depois desse dia, nos conhecemos como mulheres e nossa relação deu uma virada surreal, o que não era nada interessante para ele. Hoje, eu conheço a Larissa e ela foi crucial pra eu abrir meus olhos e crucial pra me dar forças para ajudar outras mulheres”, afirmou Duda.


Após as acusações de Duda envolvendo estupro, agressões e traição, Anitta deu unfollow no então amigo Nego do Borel. Seguindo seus passos, a cantora Luísa Sonza fez o mesmo no Instagram.


Leia na íntegra:

“Realmente, no início do relacionamento eu não tinha uma imagem boa dela, porque ele vivia falando mal dela, a difamando como pessoa e artista, dizia pra eu não me aproximar, dizia que ele andava com ela somente pelo que ela poderia proporcionar… Nunca houve sentimento e muito menos gratidão da parte dele, somente interesse. Até que um dia, sem ele saber, Larissa já percebendo que poderia existir algo errado, me chamou num canto e me deu a oportunidade de realmente conhecê-la, e disse que se tudo que meu pai estivesse falando fosse verdade, ela estaria do meu lado e me apoiaria. Contei pra ela algumas coisas, e fui retomando minhas forças por pessoas como ela. Depois desse dia, nos conhecemos como mulheres e nossa relação deu uma virada surreal, o que não era nada interessante para ele. Hoje, eu conheço a Larissa e ela foi crucial pra eu abrir meus olhos e crucial pra me dar forças para ajudar outras mulheres. Todos precisam de amigas assim, fato. Sim, é a patroa!”


Fonte: Quem

0 comentário