Detran Alagoas reforça operação Lei Seca na Semana Santa

Fiscalização atuará em pontos estratégicos da capital para minimizar os riscos de acidentes no feriadão


Foto: Assessoria / Detran

Com a chegada do período de Páscoa e Semana Santa, o Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) reforça a operação Lei Seca para contribuir com um trânsito mais seguro durante esses dias e minimizar os riscos de acidentes. As ações de fiscalização começam nesta quarta-feira (31) e seguem até domingo (04).


Mesmo que o estado de Alagoas esteja na fase vermelha de distanciamento social, muitos ainda vão viajar no feriadão, por isso a fiscalização atuará em diversos bairros e pontos estratégicos da capital. As fiscalizações acontecem na modalidade bloqueio parcial e itinerante, onde as equipes circularão, observando movimentos que possam gerar aglomerações, tais como, proximidades de postos de combustíveis, bares e restaurantes.


Durante as ações serão feitas abordagens com a finalidade de verificar documentos, o estado dos veículos e dos equipamentos de segurança, assim como possíveis situações de alcoolemia. De acordo com o coordenador da operação Lei Seca de Alagoas, Sérgio Ronaldo, é importante que os condutores tenham atenção redobrada. “Quem for viajar durante a Páscoa, que o faça com velocidade moderada, não dirija após consumir bebidas alcoólicas e muito cuidado nas ultrapassagens e manobras arriscadas nas vias”, afirmou.


O diretor-presidente do Detran de Alagoas, Adrualdo Catão, chama atenção para a necessidade de cumprimento ao decreto estadual, que tem o objetivo de minimizar os riscos de transmissão da Covid-19 no estado. “É preciso que o cidadão tenha todo cuidado com as medidas sanitárias usuais, obedecendo determinação dos órgãos governamentais de saúde para preservar vidas e proteger a saúde de todos. Estamos fortalecendo a fiscalização da Lei Seca nas ruas para que tenhamos uma Páscoa tranquila, proporcionando a redução de acidentes”, disse.


A autarquia também orienta que a população utilize o cinto de segurança e o capacete, esteja atenta aos limites de velocidade e manobras perigosas, além de evitar o uso de celular ao volante e o excesso de passageiros.


*Com informações da Agência Alagoas

1 comentário