Deputada Bia Kicis fica com a CCJ, comissão mais importante da Câmara

Este é um aceno do presidente eleito da Casa, Arthur Lira, à ala do PSL ligada ao presidente Jair Bolsonaro.


A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) será a presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados neste ano de 2021. A parlamentar, que está no primeiro mandato, já havia sido 1ª vice-presidente da comissão em 2019. Não houve funcionamento de nenhuma comissão permanente em 2020 por causa da pandemia da Covid-19.


Esta indicação é um aceno do presidente eleito da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), à ala bolsonarista. A CCJ é a comissão mais importante da Casa. É a responsável por analisar os aspectos constitucional, legal, jurídico, regimental e de técnica legislativa de projetos, emendas ou substitutivos sujeitos à apreciação da Câmara e a admissibilidade de Propostas de Emendas à Constituição (PEC).


Todo projeto tem que passar por ela, que diz se ele está de acordo com a Constituição e com as demais leis. Com o PSL dividido, o presidente nacional da legenda, Luciano Bivar (PE), ficou com a 1ª secretaria da Casa e a ala bolsonarista ficou com a CCJ.


Bia Kicis é investigada em inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) pela participação nos atos antidemocráticos que ocorrem em 2020.


Fonte: Metrópoles

0 comentário