Delmirenses reclamam da falta de medicamentos; prefeitura explica desabastecimento

Remédios controlados não estão sendo disponibilizados à população


Foto: Google Maps

Delmirenses procuraram a reportagem do portal Emerson Emídio para relatar a falta de medicamentos em variados setores, na cidade de Delmiro Gouveia. As reclamações vieram da área urbana e rural.


De acordo com as informações, remédios de uso contínuo e entre outros não estão sendo disponibilizados nas Unidades de Saúde da cidade.


A reportagem do portal entrou em contato com a gestão municipal para entender a situação. De acordo com o órgão, o governo anterior encerrou os contratos de distribuição de medicamentos no dia 31 de dezembro de 2020.


Ainda de acordo com órgão, por conta desta situação, o município ficou desabastecido no quesito medicamentos. Vale ressaltar que na gestão do ex-prefeito, parte dos insumos eram adquiridos por meio do Consórcio Intermunicipal do Sul de Alagoas (Conisul).


A gestão de Ziane Costa (MDB) também informou que o processo de compra da medicação, principalmente os controlados, já foi aberto, mas segue um trâmite burocrático conhecido nas questões de licitação.


A Secretaria Municipal de Saúde está trabalhando para que, o mais breve possível, seja restabelecido o fornecimento. Sobre a não prorrogação dos medicamentos, a gestão informa que o jurídico está providenciando as medidas cabíveis.

0 comentário