Com novos secretários, AL vai repactuar metas para aumentar entregas à população

Durante cerimônia de posse dos cinco novos gestores, nesta quarta-feira (5), governador Renan Filho falou sobre manter viva a capacidade de realizações em todas as áreas


Agência Alagoas


As secretarias de Estado da Educação (Seduc), Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Prevenção à Violência (Seprev), Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), e Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) estão sob o comando de novos gestores, que foram empossados nesta quarta-feira (5) pelo governador Renan Filho, durante solenidade realizada no Palácio República dos Palmares.


As alterações, segundo o governador, foram realizadas com o objetivo de elevar a qualidade do Governo e aumentar o número de entregas para a população alagoana. “Estamos fazendo isso para, por um lado, prestigiar os gestores que têm se destacado pelo desempenho, pela quantidade de entregas e pela capacidade de se dedicar ao trabalho e, por outro lado, a gente traz pessoas novas para ampliar a relevância política do Governo e para manter viva a capacidade de realizações em todas as áreas”.


A Secretaria de Estado da Educação, por exemplo, tem um grande desafio pela frente: garantir o retorno das aulas na rede pública estadual com toda a segurança necessária contra a Covid-19. Aliado a isso, a pasta tem diversas metas importantes a cumprir e, portanto, Renan Filho optou por deslocar Rafael Brito da Sedetur para a Seduc.


“Estamos com um pacote muito robusto de ações em educação, que terá como desafio principal a retomada às aulas, mas que vai envolver iniciativas para os professores, alunos, famílias, vai proporcionar melhoria da infraestrutura, avanços pedagógicos, saltos tecnológicos e, por isso, escolhi o Rafael. Ele tem capacidade gerencial para tocar esses projetos porque já passou por muitas missões no Governo, tem capacidade de diálogo, é dedicado e se desdobra para fazer as entregas acontecerem”, elogiou.


O secretário retribuiu garantindo ainda mais empenho na nova função. “Na Educação, tenham certeza que o tamanho do desafio é inferior à minha motivação de realizá-lo. Agradeço mais uma vez ao governador pela confiança”, afirmou Brito.


Na secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, assume Marcius Beltrão, que já iniciou o diálogo com o setor para dar andamento às ações de retomada econômica diante da pandemia. “Espero contribuir para colocar o estado de Alagoas num lugar ainda mais pujante do que ele já se encontra”, disse, ao encerrar seu discurso de posse.


Retornam à lista do secretariado estadual os nomes de Sílvio Bulhões, agora à frente da Ciência, Tecnologia e Inovação, e Fernando Pereira, que volta a comandar a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Outra novidade é na Secretaria de Prevenção à Violência, com a posse do vereador Kelmann Vieira, que está licenciado da Câmara Municipal de Maceió para assumir o cargo.


Além da mudança nessas secretarias, duas repartições da administração indireta também sofreram alterações: a Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária (Adeal), que passa a ser liderada por José Márcio de Medeiros Maia, e o Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável (Emater), que será comandado por João Paulo Calheiros.

“Vamos repactuar nossas metas para intensificar o passo e demonstrar para o alagoano que a gente segue firme e empenhado para realizar entregas importantes. Este Governo tirou de Alagoas a marca de estado mais violento, de pior educação do Brasil, de estado sem rede de saúde pública, que não duplicava rodovias, e tantas outras coisas. Por isso, foi mais fácil fazer essa mudança ampla, de uma só vez, para que todos entrem dispostos a continuar avançando”, finalizou o governador.

0 comentário