Com 73% de menções negativas no Twitter, Bolsonaro atinge maior índice do mandato

Impopularidade do presidente tem crescido nas redes sociais


Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro atingiu o recorde de menções negativas no Twitter, nesta segunda-feira (16). Desde o início do mandato, essa é a primeira vez que o presidente alcança o índice de 73% menções negativas, de acordo com o levantamento realizado pelo banco Modalmais e a consultoria AP Exata.


Ainda segundo o levantamento, apenas 27% das menções eram positivas. Um dos principais motivos para os comentários impopulares era a troca do comando do Ministério da Saúde. Além disso, a aumento nos preços de diversos produtos também contribuiu para a rejeição do presidente nas redes sociais.


A consultoria ainda aponta que uma das prováveis consequências desse desempenho é o afastamento de grupos políticos que atualmente estão ligados ao Planalto.


Fonte: Bahia.ba

0 comentário