Bolsonaro acusa governadores do Nordeste de ‘fazerem caixa’ com recursos federais

O presidente se defendeu de ataques dos opositores e afirmou que nunca pediu para ninguém ficar em casa para que os “empregos fossem destruídos”


Foto: Divulgação

Durante sua transmissão ao vivo nas redes sociais nesta quinta-feira (29), o presidente Jair Bolsonaro acusou os governadores dos estados do Nordeste de “fazerem caixa” com recursos federais destinados à pandemia da Covid-19. Segundo o presidente, ao contrário de criticar os valores pagos pelo governo federal no Auxílio Emergencial, os gestores nordestinos deveriam “pagar um auxílio estadual de R$ 1 mil até o final do ano”.


“Tem gente que reclama do governo federal, ataca na internet e fala barbaridades. A gente apela a esses governadores, que poderiam, já que fecham comércio e destroem milhões de empregos, vocês poderiam pagar auxílio emergencial até o final do ano, em especial aos estados do Nordeste, que fizeram caixa com os nossos recursos do ano passado e têm dinheiro para pagar, em vez de ficar criticando o governo federal”, afirmou o presidente.


O presidente se defendeu de ataques dos opositores e afirmou que nunca pediu para ninguém ficar em casa para que os “empregos fossem destruídos”.


“O governo federal não fechou o comércio e não falou que todo mundo tinha que ficar em casa. Eu falava e sempre falei, tem vídeos meus do passado dizendo que as pessoas mais vulneráveis, que tem comorbidades, esse pessoal tem que tomar cuidado. Se o vírus pega, complica a situação deles. Lamento as mortes, que chegou num número enorme”, completou Bolsonaro.


*Com informações do Bahia ba

0 comentário