Após novo decreto em AL, Abrasel pede isenção de impostos para empresas

A entidade afirmou que seu setor vem sendo desde o início um dos mais prejudicados com as restrições impostas pela pandemia


Foto: Nhat-Tien Le / Pixabay

Logo após a divulgação de um novo decreto do Governo do Estado de Alagoas, no qual voltou a impor maiores restrições em estabelecimentos nos municípios do interior e na capital, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Alagoas decidiu se manifestar e apelar ao poder público.


A entidade afirmou que seu setor vem sendo desde o início um dos mais prejudicados com as restrições impostas pela pandemia e mesmo diante dos prejuízos imensuráveis, vem cumprindo todos os protocolos de segurança. Diante do cenário, a Abrael pediu a tomada de algumas medidas por parte do Governo Estadual e dos municipais.


“Assumimos um compromisso descomunal de empréstimos, aumento de mercadorias e redução de faturamento. Não temos outra saída se não compartilhar esse peso com vocês. Por isso vai aqui um pedido de socorro: Vamos dividir essa conta com a gente?”, diz parte da mensagem da instituição.


Os principais pedidos da Abrasel são: isenção de IPTU 2021, Fim da ST para empresas do Simples Nacional, Fim do Imposto de Antecipação entre barreiras para empresas do Simples, isenção de ICMS sobre energia, Linha de crédito pela Desenvolve com taxa de 0,5% ao ano e 1 ano de carência, além de auxílio do pagamento de folha até o retorno integral das atividades.


Para ver a postagem completa feita pela Abrasel nas redes sociais, CLIQUE AQUI.


Texto de Lucas Malta (Alagoas na Net)

0 comentário