Após 13 meses afastado, Federer joga bem e vence Evans no Catar

O atual número seis do mundo exibiu boa movimentação, preparo físico razoável e a eficiência de sempre no saque para levar a melhor


Mohamed Farag/Getty Images

Roger Federer encerrou com vitória o seu mais longo período de afastamento do circuito. Aos 39 anos, o suíço mostrou certa irregularidade em quadra nesta quarta-feira (10/3), mas jogou bem e derrotou o britânico Daniel Evans por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (10/8), 3/6 e 7/5, em 2h24min de duelo, pelas oitavas de final do Torneio de Doha, no Catar.


Em seu primeiro torneio em pouco mais de 13 meses, o atual número seis do mundo exibiu boa movimentação, preparo físico razoável e a eficiência de sempre no saque. No entanto, voltou a mostrar a velha irregularidade com o backhand e algumas “madeiradas” com o forehand. Nada que impedisse a vitória sobre o rival, 28º do mundo e um especialista em quadra dura, como a do torneio disputado no Catar.


Federer não jogava uma partida oficial desde 30 de janeiro de 2020, quando perdeu para Novak Djokovic na semifinal do Aberto da Austrália. Naquela derrota por 3 sets a 0, o suíço apresentou dores que exigiram duas cirurgias no joelho direito nos meses seguintes. Com o circuito paralisado pela pandemia e torneios sendo adiados e cancelados a todo momento, o ex-número 1 do mundo decidiu usar o restante da temporada 2020 para se recuperar fisicamente.

Na sequência

Agora, o suíço vai enfrentar o georgiano Nikoloz Basilashvili, que avançou mais cedo ao superar o tunisiano Malek Jaziri por duplo 6/2. Se vencer novamente, ele poderá cruzar com o canadense Denis Shapovalov na semifinal. O quarto cabeça de chave venceu nesta quarta o compatriota Vasek Pospisil por 7/5 e 6/4.


Na outra ponta da chave, o favorito Dominic Thiem estreou com vitória sobre o russo Aslan Karatsev, sensação do último Aberto da Austrália. O semifinalista em Melbourne ofereceu resistência e o cabeça de chave número 1 precisou de três sets para fechar: 6/7 (5/7), 6/3 e 6/2.


Também avançaram nesta quarta-feira o russo Andrey Rublev e o espanhol Roberto Bautista Agut. O tenista da Rússia nem precisou entrar em quadra. Seu adversário, o francês Richard Gasquet, desistiu. Já o atleta da Espanha superou o casaque Alexander Bublik por 6/4 e 6/3.


Fonte: Metrópoles

0 comentário